Archive for ‘Raças A’

março 4, 2011

AMERICAN STAFFORDSHIRE TERRIER

Compacto, ágil e musculoso, o American “Staff” Terrier é forte e gracioso.

A altura varia entre 43 e 48 centímetros e seu peso entre 18 e 23 quilos. Sua cabeça é larga, com musculatura bem marcada. Preferencialmente, as orelhas e o rabo, curto em relação ao corpo, não devem ser cortados.

Sua pelagem é curta, brilhante, lisa e dura. O Staff, como é conhecido, pode ser encontrado em todas as cores, inclusive as sólidas, particolores e malhadas.

Apesar de muitas vezes ter sido usado para rinhas, este cão é dócil, inteligente, protetor e excelente com crianças, já que precisa de bastante exercício físico.

CUIDADOS BÁSICOS

Como precisa se exercitar, não é aconselhável criá-lo em apartamentos, já que precisa de espaços ou passeios constantes. Resistente e forte, não precisa de cuidados especiais. A média de vida é de dez a 12 anos. As doenças mais comuns que o acometem é catarata e displasia do quadril. Desde cedo, os filhotes devem ser adestrados para que haja domínio sobre o animal, pois tem tendência dominante e agressiva.

Porte: Médio
Origem: Estados Unidos

Curiosidade

Só em 1936 o American Staff Terrier foi reconhecido como raça canina

História

Originalmente conhecido apenas com Staffordshire Terrier, este cão foi popularizado nos Estados Unidos a partir de 1900, quando ganhou o nome de American Staffordshire Terrier. A raça foi desenvolvida como uma versão de exposição do American Pit Bull Terrier.

Fonte: Internet

Anúncios
dezembro 27, 2010

Akita Inu

 

Porte: Grande
Origem: Japão

Curiosidade

Em função de seu perfil fiel, o Akita Inu é considerado “patrimônio nacional” no Japão. “Inu” significa cão em japonês.

História

Nascido e crescido na ilha de Honshu, o Akita Inu foi utilizado no passado para a caça de grandes animais selvagens, rinhas e para acompanhar os samurais na defesa do território. Durante a Segunda Guerra, quase foi extinto. Para recuperar a raça foi feita uma seleção dos melhores exemplares remanescentes. Alguns exemplares mestiçados com Pastor Alemão e Mastim foram para a América do Norte, onde surgiu uma nova raça: o Akita Americano.

Raça japonesa e presente na região de Akita, no norte do Japão, o Akita Inu é um cão de força e coragem. De grande porte, apresenta olhos pequenos e orelhas eretas, apontadas para frente. Seu peso varia de 35 a 40 quilos e a altura de 58 a 70 centímetros.

A cauda é grossa e enrolada sobre o dorso. A aparência de bicho de pelúcia vem da pelagem dupla, sendo a parte de cima mais dura que a inferior, macia e densa. Pode ser encontrado nas cores vermelha dourada, vermelha com as pontas dos pêlos pretas, tigrada e branca.

O Akita Inu é um excelente guardião e companheiro. Além de corajoso, é um animal dócil, inteligente, afetuoso e paciente. Adora brincar com crianças, acompanhando a família e a protegendo sempre que necessário. Observador, reconhece instintivamente quem é seu dono, sendo considerado “cão de um dono só”.

Não se trata de um cão amistoso com outros cachorros do mesmo sexo e do mesmo porte, devido ao seu passado em rinhas. Sendo assim, é melhor evitar criar mais de um Akita dentro de casa. O sentimento de competição desta raça é tão grande que, às vezes, é preciso separar os filhotes de uma mesma ninhada para que não briguem. Já com cães de outras raças e sexo oposto, se criados juntos desde pequenos, não há problemas de relacionamento.

CUIDADOS BÁSICOS

Não costuma dar muito trabalho. Para mantê-lo saudável, basta banho, escovação e dieta balanceada. A média de vida é de 10 anos. As causas mais freqüentes de morte são câncer (32%), problemas cardíacos (14%) e gastrointestinais (14%).

Fonte: Uol bichos

dezembro 16, 2010

AFGHAN HOUND

Porte: Grande
Origem: Afeganistão

Curiosidade

O primeiro cão clonado no mundo, em 4 de agosto de 2005 por cientistas da Coréia do Sul, foi um da raça Afghan Hound, chamado Snuppy.

História

A raça originou-se no Afeganistão, provavelmente trazida por povos nômades que cruzavam o país tendo como destino a China e Índia. Originalmente, era usada para caçar lobos, raposas e gazelas. Quando chegou à Europa e à América do Norte, foi transformado em cão de luxo, por causa de sua beleza.

O Afghan Hound tem aparência nobre e majestosa. Corajoso, doce e sensível, é um cão inteligente e um pouco desconfiado com estranhos. “Ele tem o rei na barriga”. “Ele é apaixonante, paciente e não é agressivo com crianças.” Essa raça detesta solidão, é extremamente amorosa e, em geral, entrega o amor dela a uma só pessoa. “Mas o que ele gosta mesmo é de ter um sofá ou tapete para dormir”.
Alto e magro, sua altura varia de 65 a 75 centímetros e o peso entre 23 e 25 quilos. “O que se vê são os pêlos”.
Muito limpo, este cachorro não gosta de ficar em lugar sujo. “Um jornal é suficiente para demarcar o espaço para ele fazer suas necessidades fisiológicas”.

CUIDADOS BÁSICOS:

As orelhas longas devem ser limpas regularmente. A pelagem dá trabalho e deve ser escovada freqüentemente para que não fique cheia de nós. Se ficar, uma mistura de condicionador e água borrifada sobre os pêlos ajuda a desembaraçá-los. Este cão costuma viver cerca de 12 anos. As principais causas de morte, segundo pesquisa do UK Kennel Club, são morte por câncer (31%), idade avançada (20%), problemas cardíacos (10,5%) e urológicos (5%). A raça costuma apresentar também alergias e é bastante sensível a anestesias.